Início Galeria Eventos Equipe Núcleo O Blog Parcerias
Fotografia 360º: o que é e como fazer

A fotografia, dentro de suas múltiplas aplicações, tem sido atualmente ferramenta para a criação de panoramas visuais, que nada mais são do que fotografias de 360º. A fotografia 360º é uma modalidade de fotografia que transmite a sensação de estar no lugar de um observador, que parado em determinado local, tem uma percepção completa do entorno.

Para conseguir esse efeito, segundo o tutorial de captura do Chan Fotógrafo, além da câmera são necessários equipamentos específicos:

Tripé Manfrotto 255xb

Cabeça nodal ninja nº 3 ou nº5

Rotor rb16

EZ-leveler, para controlar o nivelamento de horizontalidade da cabeça

Lente aspherical 8mm

Nadir Adapter

Com a câmera acoplada ao restante do equipamento, é necessário que sejam tiradas 4 fotos a cada 90º, girando horizontalmente em torno do ponto nodal em que não existe paralaxe da lente. É importante que seja utilizado o eixo da lente, e não o da câmera. Finda essa etapa, o passo seguinte é tirar uma foto voltada para cima e outras duas voltadas para baixo, nesse caso utilizando o Nadir Adapter, que permitirá o deslocamento da câmera de forma que quando voltada para baixo, não capture o tripé. Cada foto voltada para baixo deve ser disparada com o tripé deslocado primeiro para um lado e depois para o lado oposto, mantendo a lente sempre na mesma altura. De posse dessas sete fotografias, é preciso lançar mão de algum programa de edição de costura, o PTGui Pro que irá ligar as fotografias, finalizando o processo. 

Para assistir ao tutorial de captura do Chan Foógrafo, clique aqui.

Alguns sites já adotaram essa técnica e ajudam aqueles que possuem guardadinha no bolso uma lista com diversos locais do mundo que gostariam de visitar. Agora é possível conhece-los de maneira rápida e econômica, usando apenas o cursor do mouse.

Um deles é o 360Cities.net que apresenta fotografias desse gênero de diversos pontos turísticos e locais de beleza extraordinária dispostos em um mapa-mundi.

Seguindo esse mesmo modelo, entretanto dando destaque a sítios que são tidos como patrimônios da humanidade, temos o Google maps UK, que foi desenvolvido a partir de uma parceria do Google com a Fundação Unesco.

Também gerenciado pelo Google, existe o Google Art Project que permite ao internauta explorar o interior de galerias dos museus mais famosos do mundo. A busca pode ser feita por museus, artistas ou obras específicas e o zoom de alta resolução permite a visualização de detalhes minuciosos. O visitante pode ainda selecionar suas peças favoritas e criar sua própria coleção de arte.

Posted on March 26th, 2012
Likes